Filosofia de Vida:

Cada dia é um novo dia e vale sempre a pena...... E se for com um sorriso nos lábios ? Ainda melhor !

1 Quimioterapia - Colocação de Cateter

Hoje fiz o procedimento cirúrgico para colocação de um cateter de longa permanência. O que posso dizer......de todas as coisas que fiz até agora, cirurgia para retirada da mama, quimioterapia, esta com certeza foi a pior. Não é que dói, mas é extremamente incomodo ficar quase uma hora na mesma posição, com uma tenda na tua cabeça, levando anestesia no pescoço........, mas passou. O procedimento durou cerca de 1 hora. O médico, Dr, Cristiano, disse que devo ficar com este cateter de 3 a 4 anos.

O que é um cateter?
Tratamentos para câncer que incluam a quimioterapia frequentemente são realizados através de um acesso ao sistema de veias. Muitas das vezes o tratamento pode ser realizado através de veias periféricas, como as localizadas nos braços por exemplo, porém em outras situações esta forma de aplicação da medicação pode não ser a mais apropriada. As principais indicações para o implante de um catéter para quimioterapia são as seguintes:

•Dificuldade de acesso venoso periférico em virtude de veias finas ou aumento do tecido gorduroso.
•Quimioterapia de longa duração.
•Tratamentos realizados com ciclos frequentes ou múltiplos e uso de medicamento vesicante (podem produzir irritação da parede dos vasos).

Nestas situações é necessário providenciar um acesso permanente ao sistema venoso profundo através de um procedimento operatório em que um cateter é implantado no paciente. O tipo de cateter mais usado é o chamado totalmente implantado, “Port Cath”.

Este dispositivo deverá permanecer pelo tempo que durar o tratamento com quimioterapia. Proporcionam maior conforto ao paciente já que o acesso ao sistema venoso é obtido a cada ciclo de quimioterapia pela punção do port (parte do catéter que fica debaixo da pele) geralmente colocado na região anterior do tórax logo abaixo da clavícula. Assim a punção para acesso ao sistema venoso torna-se fácil e praticamente indolor. Além disso, um aspecto estético favorável é obtido, já que o dispositivo não é visível.

Cuidados:

Como em toda cirurgia, são necessários cuidados pré-operatórios como avaliação clínica, risco cirúrgico para os casos indicados e exames para testar a coagulação do sangue. A anestesia empregada na maioria das vezes é a local com ou sem sedação, porém com acompanhamento do anestesista. Antibióticos são usados durante o procedimento para reduzir risco de infecção. Um ponto fundamental no ato operatório é a necessidade de realização intra-operatória de um exame de radioscopia para confirmar o correto posicionamento da ponta do catéter próximo ao coração (veia cava superior-átrio direito). Após o procedimento, realizado numa internação de apenas algumas horas, não há restrição para atividades habituais do paciente.

É absolutamente necessário que o acompanhamento posterior seja realizado por equipe de enfermagem treinada para este tipo de cuidado. O manuseio do cateter requer atenção especial para seu bom funcionamento, cumprindo assim, a finalidade para a qual foi colocado, ou seja, permitir o tratamento indicado para o caso com o maior conforto possível para o paciente.

FONTE:http://rodrigomotta.site.med.br

10 Responses
  1. vou colocar este cateter, obrigada pelas dicas...


  2. Anônimo Says:

    Boa noite, tenho esse catéter faz uns 2 meses, e agora começou a doer... alguém sabe se é normal?


  3. Anônimo Says:

    ola , li o depoimento.
    agora é minha vez, vou pedir para colocar o cateter,minhas veias estao doloridas ainda, apos a cirurgia, faz 20 dias, vou começar a quimio, estou preocupada pois acusou matastase. boa sorte nara nos. beijos


  4. Lis Says:
    Este comentário foi removido pelo autor.

  5. Lis Says:

    Boa sorte no tratamento e tenha muita fé em DEUS . Ele faz toda diferença em nossas vidas !!!


  6. Anônimo Says:

    minha mãe fez esse procedimento.gostaria de saber como fica,pois ao fazer ainda o tratamento da quimio COM COMPRIMIDOS negaram sua perícia no INSS mesmo levando laudo médico e estando com catéter.ela ainda tera que fazer exames sua médica notou mais caroços n cirurgia da mama .a pessoa usando esse catéter esta apta a trabalhar como fica ela tem muitas tonturas as vezes cai n rua e mesmo assim o INSS (medico) nega auxilio doença para ela que continua em tratamento!o o que devemos fazer para conseguir ajuda p ela que não consegue trabalhar fora tendo constantes consultas e exames ainda.Ela ja fez 60 anos e passando por tudo isso.agradeço se alguem nos der uma luz p essa situaçao que esta cada dia(pior).moramos em Viamão-RGS


  7. Marcia lajeado-rs Says:

    coloquei o cateter hoje e quando passou a anestesia fiquei com muita dor, amanha começo a quimioterapia, vamos ver como vai ser... beijos parceiras do câncer!!!


  8. Anônimo Says:

    Quem usa cateter pode fazer mamografia?


  9. cici Says:

    Fiz o implante do cateter vai fazer uma semana amanhã e ainda doi,as vezes tenho que tomar dipironalEssa dor é normal?Ainda vou começar a quimio.Boa sorte para nós!


  10. Anônimo Says:

    bom tenho 14 anos e estou com muito medo de coloca cateter.